02 agosto, 2014

Livro: Função CEO - A descoberta do prazer



































Título: Função CEO - A descoberta do prazer
Subtítulo: Função CEO - Livro 1
Edição: 1
ISBN: 858270044-0
Editora: Literata
Ano: 2013
Páginas: 489

Nota: 3
Sinopse: 
Quando Melissa Simon iniciou o estágio como substituta da secretária executiva do CEO do grupo empresarial C&H Medical Systems, nunca imaginou no que estava se metendo. Robert Carter, líder e maior autoridade dentro da empresa seria o seu chefe. Não bastou mais do que um olhar para que Melissa entendesse que não tinha mais volta. Ela pertenceria a ele. Mas não sabia o que encontraria pela frente. Um jogo intrigante de sedução e descobertas, onde o amor é a única carta proibida. A entrega impensada a prazeres nunca antes sentidos e a certeza de que nada mais será como antes. Robert Carter é o chefe e ele estará no comando. Melissa Simon é a estagiária e estará disposta a obedecer às regras. Juntos eles descobrirão que sexo, prazer e amor, nunca mais serão a mesma coisa. Função CEO é uma deliciosa trilogia, onde o amor nem sempre é o melhor caminho. 







Quotes:


“Você já sentiu vontade de tocar em algo que sabe ser proibido? Já teve o desejo irresistível de experimentar alguma coisa que sabe não ser socialmente ou eticamente correto? Tão proibido e ao mesmo tempo tão desejável que poderia te destruir?”



"Que mania absurda de desejar o que é perigoso, não posso e não devo."


"Aquela garota entrou em minha vida para me fazer quebrar algumas regras"


"Melissa parecia inocente, mas seus olhos deixavam claro para mim que ela não era. Precisava apenas de um pequeno empurrão."


"Sentia vontade de confrontá-la. Queria realmente vê-la fugir."


"Melissa era algo que não me deixava descobrir. Escondia a sua verdadeira face. Tinha muito mais dela que não transbordava. Eu queria que transbordasse. Queria desvendá-la, saber o que existe no seu íntimo."


"Ela era forte. Apenas se escondia atrás da imagem de menininha frágil e que precisava de cuidados."


"Seus olhos presos em mim. Era insuportável aquela sensação de estar sendo invadida, como eu sentia quando ele me olhava daquela maneira. Era como ser tocada, da forma mais íntima e depravada possível. Ele mexia comigo, não havia como negar. O pior de tudo: com certeza ele sabia muito bem disso."


"Seu olhar enigmático avaliou. Parecia que consegui enxergar além da minha roupa. Era como se estivesse me despindo. Lentamente. Saboreando cada detalhe do meu corpo. Suspirei quebrando o efeito de seu olhar em mim."


"Eu estava perdida... Apenas nadava conforme a maré."


"O olhar dele tinha um brilho nada ingênuo. Ele sabia que estava me enlouquecendo. Pior. Podia jurar que queria mesmo me enlouquecer."


"Minha consciência praticamente em empurrou para trás. Ela gritava 'Cuidado! Ele não é confiável.' Mas meu corpo vibrava enlouquecido, desesperado por contato."


"Era sensacional a ideia de me sentir tocada por ele, sem que, de fato, acontecesse... Ele conseguia me tocar da forma mais intima possível apenas com o olhar... Como eu o queria. Nem que fosse por um pequeno instante. Mesmo que fosse apenas um pequeno deslize." 


"Estávamos jogando e eu iria até o final. Puta merda! Que se dane a sociedade e as suas regras."


"Quando se reportava a mim, ouvia o que ele dizia, porém meu cérebro registrava apenas que o movimento dos seus lábios era extremamente convidativo."


"Eu não o queria, ou melhor, queria desesperadamente não querer."


"Este era o típico caso do homem misterioso e enigmático... Havia algo além do que ele conseguia demonstrar, ou desejava demonstrar. Havia algo muito bem escondido dentro dele. Algo profundo, complexo, doloroso e assustador."


"O Sr. Carter gostava de sentir o dono da situação. Era como combustível para suas investidas. Voltei a olhá-lo, contudo furiosa comigo por ser tão vulnerável aos seus encantos."


"Tudo o que dizia parecia tão natural e lógico que qualquer mulher pararia para refletir onde faltava a lógica de suas palavras."


"- Está demitida. Resolvido o problema
 - O que? Você não pode me demitir.... 
- Você acabou de falar que este era o único empecilho para ficarmos juntos. Eu quero muito ficar com você, então estou derrubando o obstáculo e pegando o que tanto desejo."


"É como escolher  entre pular  ou não de um avião, sem paraquedas. Sei que enquanto estiver suspensa no ar, será lento e extremamente prazeroso, mas quando chegar o momento  do choque... A dor será real e é provável que eu não sobreviva."



5 comentários:

  1. É um livro bom, e só isso. Eu realmente esperava mais dele, decepcionou a mim também. Durante toda a leitura, eu queria encher a cara da mocinha de tapas, pra ver se a criatura acordava. Porque, pelo amor de Deus, só faltava o mocinho (um cafajeste, na minha opinião) mandar ela sentar, rolar e latir. E a criatura só sabe chorar, em vez de tomar alguma atitude. É triste ver tantos autores se importando apenas com a parte hot da história e se esquecendo do resto, que pra mim, é mais importante do que as cenas quentes. Mas, pode ser que no próximo volume as coisas mudem nessa história.

    PS: Amei a resenha, muito sincera.

    ResponderExcluir
  2. oiii, tudo bem?
    adorei as citações. Quero muito ler esse livro
    vou lá ler a resenha, rs
    beijos
    http://meumundinhoficticio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai Bruna, eu sou viciada em quotes kkkkk que bom que gostou dos que eu escolhi

      Excluir
  3. Foram diferentes as opiniões sobre o livro, e mesma as partes negativas como a mudança da personagem, não me desanimaram pra fazer a leitura do livro. Ele já estava na minha lista de futuras leituras, e espero que a minha opinião ao terminar seja igual a da Brenda, porque os pontos positivos que ela mencionou, como a troca da narração do livro entre os personagens, é uma das coisas que mais adoro. E por ser de um gênero que está entre os meus preferidos, acho que vou adorar!

    Beijos,
    Fer - http://viciosemtres.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Legal, Fernanda. Depois me conta o que achou do livro.

      Bjin

      Excluir

Compartilhe comigo a sua opinião

Desenvolvido por Igor Thiago | imagem do livro O inferno de Gabriel | Não copie, seja criativo!