04 fevereiro, 2015

Livro: Crescendo - Becca Fitzpatrick


Edição: 1
Editora: Intrínseca
ISBN: 9788580570090
Ano: 2011
Páginas: 285
Tradutor: Livia de Almeida
Nota: 5/5 FAVORITO
Sinopse: Nora deveria saber que sua vida estava longe de ser perfeita. Apesar de começar uma relação com seu anjo da guarda, Patch (quem, título à parte, pode ser descrito como qualquer coisa, menos angelical), e sobreviver a um atentado a sua vida, as coisas não parecem melhorar. Patch está começando a se afastar e Nora não consegue descobrir se é para o seu próprio bem ou se o seu interesse voltou-se para sua arqui-inimiga, Marcie Millar. Sem contar que Nora é assombrada por imagens de seu pai e ela fica obcecada querendo descobrir o que realmente aconteceu com ele naquela noite em que ele partiu para Portland e nunca voltou para casa.Quanto mais Nora se aprofunda no mistério da morte de seu pai, mais ela começa a se perguntar se sua ascendência nefilim tem algo a ver com isso, assim como o por quê de ela estar em perigo com mais freqüência do que as garotas normais. Já que Patch não está respondendo suas perguntas e parece estar atrapalhando, ela tem que começar a procurar as respostas por si só. Confiar demais no fato de que ela tem um anjo da guarda põe Nora em perigo de novo e de novo. Mas ela pode mesmo contar com Patch ou ele está escondendo segredos mais obscuros do que ela pode imaginar?


Resenha



Crescendo é o segundo volume da série Hush Hush de Becca Fitzpatrick por isso ao ler esta resenha, muito provavelmente, você encontrará spoilers do livro anterior. Leia por sua conta e risco ou pare agora!

Depois de tanto perigo sofrido em Sussurro, Nora está viva e feliz namorando seu anjo da guarda, Patch, que recuperou suas asas e ocupou esse posto de protetor após salvar Nora da morte. Agora estão juntos e felizes, mas isso não vai durar muito tempo. Patch parece cada vez mais distante, enquanto Nora sente cada vez mais a necessidade de dizer as palavras que expressam seus sentimentos por ele.

Com apenas dois meses juntos Nora diz a Patch o que sente e isso parece mudar tudo. Repentinamente ele vai ficando cada vez mais longe e começa a se aproximar da arqui-inimiga de Nora, Marcie. Isso rende muitas discussões ente o casal e faz com que Nora comece a pensar se os sentimentos de Patch por ela eram verdadeiros ou não, e sobre tudo que ela não sabe sobre o Patch. Em contrapartida, Vee parece muito feliz ao começar a se relacionar com o melhor amigo de Patch, Rixon.

Como se as coisas não pudessem piorar, Marcie estranhamente se aproxima de Nora e até mesmo vira sua parceira de laboratório. Nora como sempre usa seu instinto para investigar sobre Patch e seu relacionamento com Marcie, e acaba descobrindo que ela e sua inimiga tem mais coisas em comum do que ela poderia imaginar. E ainda por cima surge Scott, um amigo de infância, que parece decido a atormentar a sua vida ao mesmo tempo que tem muito a esconder.

Patch começa a agir cada vez mais estranho com Nora, dando mais atenção e mostrando grande preocupação com Marcie quando é posto contra a parede e obrigado a ser cauteloso e assumir novas funções para não perder tudo o que conquistou.

Crescendo, ao contrário de Sussurro, não tem tantas cenas de ação ou suspense, mas aqui as coisas acontecem por baixo nos panos e traição de onde menos se espera. O livro tem muito mais de Nora do que de nosso adorado Patch. Ela fica muito confusa e contraditória com seus sentimentos e ações causando muito sofrimento a si mesma, motivada por seus sentimentos, pois prefere abrir mão do que mais deseja para salvar quem ama.

O livro se arrasta um pouco e sentimos falta de Patch e de um pouco de adrenalina, mas o final tem revelações bombásticas muito necessárias para a sequência da história e um ótimo gancho para o próximo livro, Silêncio.




Quotes:

"O sorriso era sexy e sugeria encrenca, mas eu havia me convencido de que nem todo tipo de encrenca era ruim."



"Precisava que ele sentisse a força do inegável e excitante campo magnético que puxava todas as moléculas de seu corpo para junto do meu."


"Estar perto de você, da forma que for, é melhor que nada. Não vou perdê-la. Mas já caí uma vez. Se eu der aos arcanjos motivos para imaginarem que estou remotamente apaixonado por você, eles vão me mandar para o inferno. Para sempre.'


"[...]Patch pôs a mão na minha cintura e me apertou ainda mais. Seus olhos estavam completamente negros, a respiração, lenta e profunda. Fiquei daquele jeito, presa entre e a parede, meu coração acelerando à medida que eu tomava mais consciência do seu corpo e do perfume masculino de couro e hortelã que se despedia da sua pele. Senti que minha resistência começava a ceder."


"Ele me ergueu e eu envolvi sua cintura com as pernas. Vi seu olhar vagar da cômoda para a cama e meu coração deu cambalhotas de desejo. O pensamento racional me abandonou. A única coisa que eu sabia era que faria o que fosse necessário para me manter naquele lugar de descontrole. Tudo estava acontecendo rápido demais, mas a certeza selvagem sobre o nosso destino era um alívio para a raiva insensível e destrutiva que me consumira por toda aquela semana."


"Estar com você nunca me pareceu errado. É a única escolha correta que fiz. Você é a minha única escolha."


"Qualquer felicidade, por mais breve que fosse, seria melhor do que a longa e constante tortura de acordar, dia após dia, sabendo que eu nunca poderia tê-lo."


"Houve um tempo em que você sempre estava por perto quando eu precisava de você. Achei que isso ainda acontecesse, mas aparentemente eu estava errada."


"[...]As vezes é preciso que haja acontecimentos ruins, antes dos bons."




6 comentários:

  1. Confesso que Crescendo me decepcionou, não sei se o motivo foi porque a minha expectativa estava em alta após ler Sussurro, só sei que esperava mais de Crescendo... Achei também que a história se arrastou bastante. Mas fiquei curiosissima após ler o final dele, e empolgada para ler o volume 3 que por acaso ainda não li.
    Mais uma vez amei os quotes, suas resenhas acabam tendo um complemento perfeito com eles.
    Bjos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que todo mundo sentiu uma diferença de ritmo na historia. Sussurro foi bem acelerado e Crescendo foi mais lento, ma o final foi bem inesperado e Silêncio... muito bom.
      Adoro quotes kkkk
      Obrigada!
      Bjin

      Excluir
  2. Ainda não li nenhum livro da série,e pra falar a verdade nunca tinha lida uma resenha dela tbm rsss acho que os livros são um pouco subjugados.
    Quero acompanhar a série.
    Bjus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia quando puder, Suelen e depois me conta o que achou.
      Bjin

      Excluir
  3. Já li o "Sussurro" e estou maluca pra ler o "Crescendo" mesmo vendo muitas pessoas comentando que ele é chato e tals... Patch é um amor! <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas vale muito a pena continuar a ler a série, Celine.
      Patch <3

      Bjin

      Excluir

Compartilhe comigo a sua opinião

Desenvolvido por Igor Thiago | imagem do livro O inferno de Gabriel | Não copie, seja criativo!