07 agosto, 2014

Meu caso de Amor com a Bachata



Meu caso com a bachata foi amor a primeira dança. 

Num belo dia, uma amiga minha recebeu um e-mail divulgando o Mistura Latina, evento gratuito que teria instrutores de dança para salsa e bachata. Pensei"nossa que legal, salsa! Mas que raios é bachata?". Curiosa como eu sou, na mesma hora tive que procurar no youtube e assisti videos da Ataca y La Alemana e Daniel y Desiree (meus favoritos) e "caramba! como eu não conhecia isso? Temos que ir ver isso de perto!". Chegamos ao local quando estava encerrando a aula de salsa para começar a de bachata (era o destino kkk).

Como sempre em aulões de dança, houve um rodízio de casais para que todos pudessem dançar. Numa dessas dancei com uma criatura elétrica que não se contentava em fazer apenas os passos básicos que o professor estava ensinando. Foi um pequeno aperitivo para o que estava por vir. Quando abriu para o baile, eu estava com vergonha de pedir, mas louca para dançar de verdade com a tal criatura. Com certeza ele leu minha expressão porque me chamou para dançar. 

Foi incrível! Não sei bem explicar a sensação de dançar bachata, mas me senti numa espécie de transe, como se eu fosse uma marionete. Fechei os olhos e apenas curti. Senti meu corpo fazer movimentos que não imaginei que conseguiria, pelo menos não sem algum preparo. A dança acabou e eu me sentei incrédula "o que eu fiz?" era a pergunta que me fazia. Um sorriso bobo na minha cara entregava o quanto eu tinha gostado. Não deu outra, tive que fazer aula.

Faço aula de bachata a mais ou menos 8 meses e quanto mais eu aprendo, mais eu gosto. E tudo isso graças ao meu queridíssimo professor Oswaldo Solis que está voltando para sua terrinha, Guatemala :'(. Oswaldo, saiba que mesmo sem você aqui para pegar no meu pé, exigente, por causa dos meus charminhos, vou trabalhar para ser uma "dama" melhor. Mas você fará falta. Muito obrigada por todo o conhecimento que me passou nas nossas aulas e se um dia voltar ao Brasil e dançarmos novamente terá orgulho de mim. Desejo muitas bênçãos e sucesso nos seus novos projetos.



video

Nenhum comentário:

Compartilhe comigo a sua opinião

Desenvolvido por Igor Thiago | imagem do livro O inferno de Gabriel | Não copie, seja criativo!